19.6.12

Back to december .

E quando digo que te esqueci , minto.
As coisas têm sido tão complicadas , viver sem ti.. sempre me foi irreal .
É um esperar de acordar ,e saber que isto tudo.. não passou de um mau sonho , que se esvaiu.
Não aparece ninguém na minha vida como tu , e na verdade ás vezes.. arrependo-me de te ter conhecido .
Quando te conheci , só queria que tu não quisesses outra pessoa, não conhecesses outra pessoa , queria ser única , aquela peça que faltava para a perfeição.
Nunca me senti assim , tão derrotada , tão invisível.
Sinto uma incapacidade em te esquecer , como se não fosse correcto , como se fosse perder o pouco que resta de mim .
Alguém que te ame como eu te amei , alguém que dê tudo por ti como eu dei.. e ai sim , libertas-me .
6 meses .

1 comentário:

  1. "como se fosse perder o pouco que resta de mim ." gostei muito,parabéns!

    ResponderEliminar